RENAP, 20 anos de tantas lutas!!!

15 de outubro de 2015

A Rede Nacional de Advogados e Advogadas Populares-RENAP é uma teia, como o nome bem diz, em prol das causas dos movimentos sociais. Um exército de “Brancaleone”, em que cada um tem sua história própria e, tal como o filme da década de 60, um retrato, um reflexo dos desvalidos, frente a este Sistema de Justiça tão cheio de ritos, formalismos e distante do povo. Então, com esta identidade, construída de maneiras diferenciadas, tem-se a riqueza de lutadores e lutadoras junto às causas populares.

Juntei-me a este “exército” há exatos dez anos. Naquela época se comemorava a articulação de advogados (das) de movimentos mais duradoura de nossa história. Lá em 2005, bem marcada por seu início, os movimentos do campo (CPT, MAB e MST), mas já permeada pelas demais demandas da população brasileira: moradia, feminismo, quilombola, indígena, etc. E nesta estrada, impelida pelas frentes abertas pelo capital, a RENAP terminou também sendo espaço de interseção, solidariedade e de se pensar estratégias jurídicas para várias outras lutas sociais, como a socioambiental, de combate à homofobia, criança e adolescente, que foram sendo somadas as já tradicionais pautas da Rede.

Os jovens do Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária- PRONERA representam bem este momento dos 20 anos. Vindos do campo, mas sem se furtarem ao enfrentamento do machismo, de defenderam as pautas LGBT e incorporando agroecologia às suas pautas cotidianas. A RENAP chega, assim, em 2015, contribuindo para congregar diversas lutas na construção de uma sociedade mais inclusiva.

Por vezes, a RENAP é advocacy, atuando junto ao parlamento ou a mídia. Outras vezes um espaço de formação jurídica, realizando cursos, encontros e seminários. Têm oportunidades que se porta como um coletivo pautando a OAB, o CNJ, o CNMP ou o CONDEGE. Outras uma Rede de troca de experiências, peças e estratégias processuais. Independente de sua feição, também sempre será encontrada nas ocupações, nas ruas, nos Fóruns, nos Tribunais e nas comunidades advogando pela transformação social que confira direitos a segmentos mais vulnerabilizados e discriminados.

Assim, que junta comunistas ortodoxos, militantes LGBT, ambientalistas radicais, manifestantes das jornadas de junho, líderes sindicais, feministas, integrantes de pastorais sociais, orgânicos de movimentos sociais, anarquistas, estudantes da assessoria jurídica popular, militantes de partidos de esquerda, professores(as) universitários (as)… todos e todas sob a bandeira da advocacia popular. Viva a RENAP!!!! Parabéns por estes 20 anos de tantas lutas!!!!

Rodrigo de Medeiros, 37, advogado, membro da RENAP e da Comissão Nacional de Acesso à Justiça do Conselho Federal da OAB.