Reunião do Fórum Justiça-RS debate questão indígena e conflitos agrários

28 de agosto

20180824_153106

O Fórum Justiça no Rio Grande do Sul reuniu-se neste dia 24 de agosto de 2018 na COCEARGS, em Porto Algre-RS. Estiveram presentes: Danni Cazarotto (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra- MST), Lucimar Siqueira (Coletivo Cidade Que Queremos- POA), Renato Barcelos (Associação Brasileira de Juristas pela Democracia- ABJD), Rodrigo de Medeiros ( Rede Nacional de Advogadas e Advogados Populares-RENAP) e Sandro Luckmann ( Conselho de Missão entre Povos Indígenas- COMIN). Na oportunidade discutiu-se as seguintes pautas:

Danos causados aos indígenas do Rio Grande do Sul pela Ditadura Militar: Sandro trouxe uma série de documentos da época e notícias. Rodrigo informou sobre a coleta de depoimentos e a experiência da Ação do Ministério Público Federal para a reparação dos danos sofridos pelos Krenak, em Minas Gerais. Continuarão coletando informações materiais para uma ação mais efetiva das instituições públicas;
Retomada dos Guarni Mbya na Ponta do Arado no Belém Novo ( Porto Algre-RS): Lucimar fez o relato da atual situação. O Fórum Justiça se somará nos próximos passos de solidariedade à retomada.
Articulação pela Preservação dos Seres e da Biodiversidade- APIS: Renato deu informe sobre esta articulação que trata das abelhas atingidas pelo agrotóxico, pelo modelo de produção do agronegócio. DIa 23 de novembro será o lançamento desta articulação, às 10 horas, no Auditório da Estação Terras Baixas-ETB, Campus Universiário em Capão do Leão-RS.
Lei da Grilagem ( Lei 13.465/2017). Lucimar trouxe o relato sobre o debate que está se realizando em Porto Algre sobre a lei. Rodrigo deu o informe sobre a vinda do Sergio Sauer da UNB à Porto Alegre e da atividade que será organizada em setembro.
Construção da nova Ponte sobre o Guaíba: Rodrigo deu o informe sobre a audiência Pública realizada pelo Ministério Público Federal e a situação de violação das famílias. Rodrigo e Renato irão atuar junto com o CDES e a AVESOL nos próximos encaminhamentos que serão tomados.
A próxima reunião do Fórum Justiça no Rio Grande do Sul será dia 28 de setembro, 15 horas, novamente na COCEARGS.