Reconhecimento, redistribuição e participação popular: por uma política judicial integradora

Fórum Justiça visita Secretaria de Assuntos Legislativos do Ministério da Justiça – SAL/MJ

18 dez. 2014

Brasília

SAL-BSB-225x300

Em nova visita à Secretaria de Assuntos Legislativos – SAL/MJ, o Fórum Justiça pontuou a importância de a iniciativa conhecer um pouco mais a respeito da metodologia utilizada pela Secretaria na formulação e execução de seminários de pesquisa, em especial os atinentes ao Projeto “Pensando o Direito”. Trata-se de troca de experiências com o fim de aprimorar a metodologia aplicada aos Seminários Fórum Justiça 2015. Nesta reunião estavam presentes Anna Pardini, Sabrina Durigon e Ricardo Lobo da Luz, defensor público do Estado de São Paulo.

O referido órgão conta com profissionais que desenvolvem uma metodologia própria a cada pesquisa almejada, suscitando seus pontos de convergência e identificando as dificuldades encontradas durante o processo em comparação com o resultado esperado. A partir dessa identificação, montam-se grupos para trabalhar nas devidas questões, que encaminham propostas para a sistematização ou conclusão do projeto. Buscou-se, então, um levantamento para aproximar o Fórum Justiça desses profissionais e suas metodologias.

A necessidade de profissionais de comunicação alinhados com a proposta dos Seminários FJ 2015 foram levantadas. O Fórum ressaltou a exigência de domínio da temática para o desenvolvimento da comunicação dirigida ao público interno: operadores de direito e agentes de Estado, além de ações de alcance do público leigo às dinâmicas do sistema de justiça,  provocando uma aproximação.

         O Fórum Justiça aproveitou a oportunidade para apresentar à Secretaria, apoiadora do FJ, o acúmulo da 1ª Atividade Seminários FJ 2015, condensada no Informe correlato.