Reconocimiento, redistribución y participación popular: por una política judicial integradora.

II Relatório Nacional de Atuações Coletivas da Defensoria Pública será lançado no dia 19 de maio

Fonte: Ascom ANADEP
Estado: DF

No dia 19 de maio, a ANADEP e o Fórum Justiça lançarão o II Relatório Nacional de Atuações Coletivas da Defensoria Pública. A obra foi organizada pelos defensores públicos do Rio de Janeiro Adriana Britto e José Augusto Garcia.
Ao todo são 50 iniciativas exitosas de 15 estados brasileiros. Entre os principais temas abordados no Relatório estão: concurso público, consumidor, criança e adolescente, direito à manifestação, educação em direitos, minorias, moradia, mulher, saúde e assistência social e sistema prisional. Um dos destaques da publicação é que as práticas destacam não apenas a atuação coletiva judicial da Defensoria, mas também a forma extrajudicial na resolução de conflitos.
“As práticas que compõem este trabalho são muito inspiradoras e demonstram o potencial transformador da Defensoria Pública”, explica Adriana Britto.
Para o presidente da ANADEP, Joaquim Neto, o II Relatório Nacional de Atuações Coletivas da Defensoria Pública é o reflexo do trabalho de defensores públicos de várias regiões do país. “O lançamento do Relatório e da Campanha têm por objetivo destacar a atuação coletiva dos defensores, sacramentada com a promulgação da EC/80, em um momento muito especial para a Instituição. Na última semana, tivemos uma vitória no STF que legitimou a Defensoria para propor ação civil pública. Essa vitória é dos defensores, mas também da camada vulnerável da nossa sociedade que precisa ter acesso à Justiça e celeridade na garantia de seus direitos”, pontuou o presidente da ANADEP.
Lançamento:
Data: 19/05, às18h
Local: Sede da ADPERJ – Rua do Carmo, n 7, 16ª andar – Centro
Organizadores: José Augusto Garcia e Adriana Silva de Britto