Reconhecimento, redistribuição e participação popular: por uma política judicial integradora

A preservação das abelhas em pauta

10 de agosto de 2018

Na Estação Terras Baixas-ETB, Campus Universiário em Capão do Leão-RS, neste dia 09 de agosto, pela terceira vez reuniram-se pesquisadores e advogados ambientalistas preocupados com a preservação das abelhas ameaçadas e vitimadas pelos agrotóxicos e pela transgenia. O modelo do agronegócio vem prejudicando criadores de abelhas e o meio-ambiente como um todo, dada a função delas no ecossistema para a garantia da vida.

Foi deliberada uma plenária para lançar a Articulação pela Preservação da Integridade dos Seres e da Biodiversidade-APIS, que ocorrerá no dia 23 de novembro, às 10 horas, também em Capão do Leão. Esta articulação reunirá diversos atores interessados na proteção ambiental e na produção agroecológica, sendo inclusive convidados membros de instituições do sistema de justiça comprometidos com a defesa do meio ambiente.

Estiveram presentes: Anderson Luis Mesquita da Martha (UFPEL), Gilberto Bevilaqua (EMBRAPA), Irajá Ferreira Antunes (EMBRAPA), José Renato de Oliveira Barcelos (AGAPAN), Pedro Bigolin Neto (advogado popular) e Rodrigo de Medeiros Silva (Fórum Justiça)