Reconhecimento, redistribuição e participação popular: por uma política judicial integradora

Fórum Justiça realiza o Colóquio Deborah Duprat: por um modelo de justiça integrador. Saiba como participar.

9 de setembro de 2020

Como é possível garantir um modelo de justiça integrador, responsivo e inclusivo que dê suporte aos direitos e que possa mantê-los mesmo em momentos de crise político-institucional e/ou de redução de direitos conquistados?

Arte: Maria Isabel Palmeiro

O Colóquio Deborah Duprat: por um modelo de justiça integrador, organizado pelo Fórum Justiça em parceria com as organizações JUSTA, Artigo 19 e ColetivA Mulheres Defensoras Públicas do Brasil, buscará, ao longo de cinco encontros, trazer respostas norteadoras para esta questão.

A trajetória profissional da Subprocuradora-Geral da República aposentada Deborah Duprat é marcada por uma incansável luta pela promoção e defesa dos direitos humanos. Com uma atuação abrangente, ela esteve à frente de pautas difíceis e, justamente por esse protagonismo emancipatório e emancipador, optamos pela homenagem. Deborah teve uma forma peculiar de atuação no exercício funcional: integradora. Homenageá-la é, portanto, um reconhecimento necessário como modelo e impulso na condução da política judicial no sistema de justiça.

Deborah Duprat está confirmada nas cinco sessões do colóquio.

O evento também tem os seguintes objetivos específicos:

  • dar musculatura à rede de ativistas, organizações, atores do sistema de justiça, estudantes e pesquisadores/pesquisadoras em defesa de políticas judiciais democráticas e da defesa dos direitos humanos;
  • consolidar um ganho comum de experiências em favor de um modelo de justiça integrador a partir do resgate de atuações marcantes de Deborah Duprat;
  • estabelecer bases comuns para futuras estratégias de pesquisa e incidência no sistema de justiça;
  • contribuir para a discussão e difusão de conhecimento teórico e prático sobre o tema, e, sobretudo, para a criação e fortalecimento de uma rede que se articule a nível nacional para incidência política e litigância estratégica.

Confira a programação completa do colóquio:

1) Política Judicial e democratização do Sistema de Justiça (16/09)

2) Interseccionalidade, raça e gênero no Sistema de Justiça (23/09)

3) Necropolítica e encarceramento e o Sistema de Justiça (30/09)

4) Liberdade de manifestação e opinião no Sistema de Justiça (07/10)

5) Terra, territórios e povos indígenas e o Sistema de Justiça (14/10)

>> As transmissões acontecerão no período de 16/09 a 14/10, sempre às quartas-feiras, a partir das 19h, no canal do Fórum Justiça no Youtube. Para acessar, clique: yt.vu/+ForumJustica.

>> Clique aqui para realizar a inscrição no evento e garantir o certificado. 

Acompanhe também informações atualizadas sobre o colóquio pelas redes sociais do Fórum Justiça:

_ instagram/forumjustica
_ twitter.com/forumjustica
_ facebook/forumjustica