Reconhecimento, redistribuição e participação popular: por uma política judicial integradora

Mônica de Melo

Possui graduação, mestrado e doutorado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Professora de Direito Constitucional da PUC-SP e Defensora Pública do Estado de São Paulo. É diretora de Relações Internacionais da Associação Brasileira dos Constitucionalistas Democráticos – ABCD. Membro do Conselho Consultivo do Observatório de Gênero da SPM-Brasília. Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direito Constitucional, atuando, principalmente nos seguintes temas: direitos humanos, discriminação, mulher e direito das mulheres.